Menu
da capo
Meu coração, não sei por que, bate feliz quando te vê
Pixinguinha
Playlists com músicas especiais para você

Foto: Internet (vista aérea da marina de Dubai)

– por Paula Musique –

Florianópolis, 1 de maio de 2019

Querido Diário,

Como você bem sabe minha vida é cheia de altas emoções. É como se, ao nascer, Deus tivesse me perguntado: “baby Paulinha, você quer com emoção ou sem emoção?” [pessoas que já viajaram pra Natal, Jericoacoara e outras cidades com aventuras de buggy entenderão] e eu tivesse respondido para Deus: “gugu dadá, com emoção”!

O PLANEJAMENTO RUMO AO ORIENTE MÉDIO

Passei o mês de abril planejando MINHAS FÉRIAS que começaram no dia de hoje – sim, sou do tipo que define as férias de última hora (e você, como faz?). Estava na dúvida entre Marrocos com Senegal e Gâmbia; Itália com Grécia; Israel novamente; Índia solamente; ou Emirados Árabes. Após pesquisar e pesquisar o que poderia fazer em cada país, clima, preços de passagens e hotéis decidi, no dia 23 de abril, que iria para os EMIRADOS ÁRABES, OMÃ E LÍBANO – por 20 dias, SOZINHA.

[já deixe um like lá embaixo para me alegrar, pois você verá que após esta triste história eu precisarei de motivos para sorrir e conte pra mim nos comentários o que você faria se isto acontecesse com você] ;)

Foto: Internet (ilha no formato de palmeira)

No início do mês, havia visto uma promoção no site Melhores Destinos com PASSAGENS para Dubai com Beirute pela Emirates Airlines (uma das melhores companhias aéreas do mundo), mas ainda não tinha certeza do que queria. Semanas depois, no dia 24 de abril, comprei minha passagem pela Submarino Viagens – visto que estava muito mais barata ali do que diretamente no site da Emirates. O preço não tinha subido quase nada comparando com o dia em que vi a promoção pela primeira vez.

No mesmo dia, o site MD divulgou uma promoção de SEGUROS DE VIAGEM com a Mondial-Allianz de 60% de desconto. Eu sempre faço seguro e o preço estava excelente, apenas R$ 160,00 por 20 dias viajando, surpreendendo-me e me aventurando pelo intrigante Oriente Médio. Comprei!

Foto: Internet (Burj Khalifa)

COMO VIAJO

No dia 28, fiz minha reserva para 2 noites num HOTEL em Dubai – sempre reservo apenas 2 noites, pois quando chego ao destino, faço meus dois primeiros dias de turismo e reconhecimento de território para decidir se gosto do bairro/hotel e aí pago mais dias no mesmo hotel ou mudo de hotel – sim, eu corro o risco de o hotel estar lotado nos dias seguintes; como eu disse, “vivendo com emoção“.
[inclusive, tenho uma história interessante de um caso assim em Stratford-upon-Avon – cidade do Shakespeare -, numa noite fria e chuvosa na Inglaterra, onde nos sentimos como José e Maria, indo de estalagem em estalagem e tendo que passar a noite numa “estrebaria”]

Com tudo organizado e pago, comecei a fazer a LISTA DO QUE FAZER em cada país, quais cidades e atrações visitar. Meu esquema é slow travel, gosto de mergulhar na cultura, ficar muitos dias nas cidades mais interessantes, conversar com os moradores e pegar dicas com eles mesmos, fazer amizade com outros viajantes e, principalmente, com os locais. Então, faço uma listinha com o que mais me atrai, mas decido mesmo o que fazer quando chego no destino.

Você precisa ler sobre MINHA AVENTURA EM LAS VEGAS – uma viagem cheia de emoção e boas surpresas!
Planeja visitar Florianópolis? Então conheça este passeio gostoso na ilha

O RAMADÃ

Um dos fatores que mais me animaram para viajar ao Oriente Médio nesta época é que no dia 6 de maio começará o RAMADÃ (em cada ano tem uma data diferente). Ramadã é o mês sagrado, durante o qual os muçulmanos devem JEJUAR desde o nascer até o pôr do sol. Não podem comer nadinha neste período, então comem algo reforçado de madrugada (suhur) e quebram o jejum com a iftar – geralmente junto de familiares, vizinhos e amigos. É o mês onde são motivados a ser muito solidários, controlados, caridosos e bondosos. Ramadã é o mês da bênção e da generosidade.

E eu estava toda empolgada, ;) torcendo para que em cada noite durante o Ramadã uma família árabe quisesse me abençoar com sua generosidade ao me convidar para usufruir de um delicioso iftar com eles – assim eu poderia conversar bastante e conhecer a cultura mais de perto, compartilhando de um momento que é especial para eles. Imagina que legal eu colocar um turbante na cabeça e comer delícias das arábias ao som de música oriental?
[sei que não é turbante, porém é assim que tenho a cena em minha mente]

Dentre os moradores de Dubai, 13% são cristãos e eu já havia pesquisado algumas igrejas para ir nos dois domingos que estaria na cidade.

Foto: Internet (um Iftar muito chique!)

O DIA DA VIAGEM PARA DUBAI

Diário, deixe-me descrever meu dia. Exatamente hoje começaram minhas férias e logo cedo comecei a fazer as MALAS. A cada viagem que passa, consigo reduzir a bagagem que levo. Fiquei impressionada, pois para 20 DIAS DE VIAGEM, consegui colocar tudo em uma mala grande a ser despachada, uma bolsona para ser minha carry-on (onde levo tudo o que preciso para sobreviver por 2 dias, caso minha mala despachada seja extraviada #ficaadica) e minha nova mochilinha de couro, que iria estrear no voo, para ser meu artigo pessoal.

Fiz tudo com certa tranquilidade, cantando e organizando, pois meu voo saía somente às 17h45 de Floripa para Guarulhos (SP) e o voo com a EMIRATES PARA DUBAI sai apenas à 1h30 da madrugada de amanhã.

Comprei os trechos separados, pois se tivesse comprado de Floripa-Dubai sairia R$ 1.500 a mais e comprando FLN-GRU com a Azul em separado e GRU-DXB com a Emirates (via Submarino) custou R$ 1.000 a menos. Comprei o voo para SP (com a Azul – que não gosto muito, mas tinha o melhor horário/preço) saindo assim cedo já me prevenindo de tudo. Se der tempestade e o voo atrasar, se der problema na aeronave na hora de decolar e tivermos que trocar de avião, se tiver muito trânsito e eu me atrasar, se começar a nevar: se qualquer coisa acontecer, ainda posso pegar os outros vários voos na mesma noite e estar em SP pelo menos até meia-noite.

Foto: Internet

Após arrumar as malas e a mim mesma, o Sr. GPS me disse que estava levando 20min até o aeroporto. Fiz os planos accordingly. Sentei à mesa com minha mãe para comer um delicioso empadão. Saímos tranquilamente e após poucos minutos no carro vimos a primeira blitz. Beleza, não nos pararam. Agora o GPS informava que faltavam uns 25min até o aero. Após mais uns minutos, inacreditavelmente, havia mais uma blitz! Oh dear! What the heck!

Ainda bem que não nos pararam, pois ao passar pelo guarda dei um sorriso de não-sou-culpada-de-nada. Estranhamente, o GPS anunciava mais uns 35min até o GLORIOSO AEROPORTO da minha bela ilha-que-tem-a-melhor-mobilidade-urbana-do-país (HA-HA-HA!). Comecei a respirar fundo para não me desesperar. Coloquei uma musiquinha e fui cantarolando um jazz tranquilizador, quando vi que havia um supercongestionamento a enfrentar. Oh my goodness! Tenho uma inesquecível aventura a viver no Oriente Médio e o time do Avaí quer me impedir?

É isso aí, próximo ao glorioso aeroporto, há o estádio do time florianopolitano de futebol, Avaí. Isto não seria um grande problema se a duplicação da estrada que leva ao aero já estivesse pronta e se a ÚNICA estrada que leva ao aeroporto não fosse apenas aquela por onde estávamos trafegando. Passei a respirar mais fundo e a pedir a Deus: “Senhor, se é para eu ir nesta viagem, faça o trânsito fluir ou faça meu voo atrasar, please, please, please, I beg You“! Bom, o trânsito não fluiu e cheguei ao aero às 17h30, torcendo para que meu voo estivesse atrasado. No check-in, o rapaz nada simpático da Azul disse que eu não poderia embarcar.

SERÁ QUE VAI DAR CERTO?

Eu pedi, simpaticamente: “Por favor, apenas jogue minha mala lá dentro. Pode jogar, sou bem, bem cuidadosa, mas neste momento não ligo. Jogue minha mala lá dentro e deixe-me embarcar. Nosso aero é minúsculo e em 30 segundos dá pra mala chegar ali”. Ele, friamente olhava para mim, dizendo que eu teria de ir no próximo voo. Na hora pensei: “Okay, terei de acionar o plano B, conforme havia preparado. Sei que às 21h40 a Azul tem outro voo e chegarei em tempo pro voo da Emirates”.

Aí, ele disse: “O próximo voo é amanhã, às 5h15”. Ah tá, claro, facinho, é só eu criar asas e voar até o avião da Emirates que por este horário estaria sobrevoando o Oceano Atlântico. Falei para ele novamente que meu voo saía de SP à 1h30. Ele disse para eu tentar outra companhia aérea para chegar a SP, pois o voo das 21h40, pela Azul, não aconteceria no feriado de hoje.

Foto: Internet (o glorioso aeroporto internacional de Florianópolis)

Alright! I’m Brazilian and I never ever give up! Lemme try it! Pela Gol, havia um assento disponível até SP pela bagatela #sqn de R$ 1.800! Ufa! Ainda bem, “tranquilo”, pelo preço de um voo ida e volta até Orlando, eu consigo ir até SP no voo das 19h (último voo disponível no feriado de hoje pela Gol). Disse pro rapaz – lindo e muito gentil (bem diferente do atendente da Azul) que iria dar uma olhada no preço da concorrência antes de decidir.

Pela LATAM, havia um assento disponível, também no último voo deles da noite, pelo precinho de R$ 1.300. A moça disse que iria fazer a reserva para mim e que a reserva cairia em 20-30min. Foi uma facada no bolso pensar que teria de desembolsar mais R$ 1.300 na viagem, pois se você ainda não sabe, DUBAI É UM DESTINO BEM CARO e eu já estava meio a$$ustada só de planejar quanto esta aventura custaria aos MEUS COFRES PRIVADOS. Disse à moça que iria ligar pra Submarino e ver se conseguia mudar o voo com a Emirates pro dia seguinte, pois assim a Azul me colocaria no voo de amanhã de manhã, sem custos, e eu não teria despesas extras.

Foto: Internet (Dubai Creek na região de Deira)

Liguei pra Submarino e caí na espera. Decidi ligar prum número nada a ver da Submarino e um rapaz simpático disse que eu realmente teria de resolver com o outro número que eu já tinha ligado e que a espera seria de uns 30-40min no telefone, pois eles estavam lidando com diversas remarcações de voos devido aos problemas com a Avianca. Respirei fundo, pensei em quantas aulas de música teria de dar para compensar os R$ 1.300 que estava prestes a gastar e fui até aquela moça novamente – havia passado apenas 10min, então eu estava dentro do prazo da reserva que duraria de 20-30min.

Ela disse: “Vish, sua reserva caiu e não consigo mais acessar. Não dá mais pra ir com a LATAM”. Meus olhos arregalaram-se, PAREI DE RESPIRAR por uns segundos e em seguida corri pra Gol, pro atendente lindo de óculos e olhos azuis, com jeitinho de intelectual. Ele disse em tom de grande LAMENTO: “Voo lotado, está em cima da hora e não dá mais pra incluir você. Gostaria muito de lhe ajudar para que tudo desse certo, mas não há nada que eu possa fazer”. Parei de respirar novamente, desta vez por muitos minutos.

Foto: Internet (trecho da praia onde é possível nadar até meia-noite)

PLANOS NÃO-VIVIDOS

“O que irei fazer? Não poderei nadar na praia até meia-noite, não poderei montar no camelo, não passarei a noite no deserto, não ficarei encantada com o mercado de ouro, não subirei no prédio mais alto do mundo, não caminharei pelo maior shopping do mundo, não assistirei o povo muçulmano em jejum desde o nascer até o por do sol e não conhecerei o PRÍNCIPE FAZZA? Oh noooooo“!

Foto: Internet (Príncipe Fazza – Sheikh Hamdan)

Voltei a respirar e, pacientemente, sentei-me para pensar no que iria fazer.
[Ah, esqueci de mencionar que os funcionários do aero me viram derramar doces lágrimas hoje]  :´(

O QUE FAZER QUANDO VOCÊ PERDE O VOO E TERÁ PREJUÍZO COM PASSAGEM, HOTEL E SEGURO

Estava prestes a perder o voo da Emirates Airlines e lembrei daquele plano de ligar pra Submarino e trocar meu voo da Emirates. Como haviam me avisado, esperei 37min até que me atendessem ao telefone. Claro que deixei no viva-voz enquanto conversava com minha mãe. Uma menina atendeu, eu disse que perdi o voo de minha cidade a Guarulhos e perguntei quanto custaria para trocar meu voo da Emirates para o dia seguinte, ou para o dia 4 ou 5 de maio. Ela disse que não saberia responder, mas que em até 72h eu receberia uma cotação em meu e-mail, mas eu teria de escolher apenas uma data para a cotação.

“Como assim em 72h?” Perguntei se ela saberia me informar ao menos o valor da multa de alteração. Ela disse que não. Eu quis saber então da multa de no-show, caso eu não fosse pra SP e não voasse para minha grande aventura. Aí ela disse que eu poderia cancelar o voo. Perguntei: “Mas qual a multa de cancelamento?” [eu nunca havia cancelado um voo, então nem sabia das consequências].

[já deixe um like lá embaixo para me alegrar, pois estou precisando de motivos para sorrir e conte pra mim nos comentários o que você faria se isto acontecesse com você] ;)

Surpreendentemente, ela afirmou: “Não há multa neste seu caso, se você cancelar ainda hoje você receberá o reembolso do valor integral da passagem”. No way! Seriously? Pensei por 10 segundos e disse a ela que cancelaria. Uns 3 minutos depois recebi em meu e-mail a confirmação de cancelamento.

30 Perguntas Intrigantes que podem mudar sua vida
Sabia que George Harrison (The Beatles) gravou o hit Anna Júlia de Los Hermanos?

Encostei-me na cadeira sem acreditar que pela PRIMEIRA VEZ na vida havia cancelado uma viagem de férias. Comecei a calcular o preju com o voo da Azul, com o seguro-viagem e reserva de hotel. Foi aí que deu o clique de tentar cancelar tudo e receber o dinheiro de volta. Li os parágrafos finais de minha apólice de seguro que estava no e-mail e vi que ali dizia que eu tinha o DIREITO DE ARREPENDIMENTO até 7 dias após a compra.

Comprei no dia 24, então estava no prazo! Oh yeah! Liguei para o telefone da apólice e imediatamente, sem questionamentos, cancelaram para mim e vão reembolsar o valor total também. Lembrei de minha reserva de hotel que fiz pelo site Hoteis e que o prazo para cancelar era hoje. Entrei na minha conta do site e cancelei. Eles me cobraram uma diária do hotel e cancelaram a outra.
[eu havia lido que o cancelamento era até hoje, não vi que tinha uma informação escondida – esperteza da empresa – dizendo que eu poderia cancelar até às 23h59 do dia 1 de maio, no fuso horário do golfo; ou seja, já tinha passado da meia-noite lá naquele lado do planeta e eles iriam me cobrar uma diária]

É… PERDI O VOO

Nem sempre as coisas acontecem como planejamos, entretanto, prefiro pensar que para tudo existe um motivo e se mesmo eu me planejando toda, prevendo todos os reveses, perdi o meu voo e nem sequer consegui pegar os outros voos para chegar em SP e, além disso, para que eu não ficasse arra$ada, consegui de volta praticamente todo o dinheiro que tinha gasto, então quero considerar que não era para eu ir para Dubai hoje.

Ao chegar em casa, no hall, em frente ao espelho, olhei para mim mesma com toda a minha bagagem e caiu a ficha: para mim, nunca foi tão vívido e real o famoso termo “A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM”. Imediatamente pedi para minha mãe tirar a foto abaixo para registrar o memorável momento em que voltei do lugar que nem cheguei a ir.

Foto: Acervo Próprio (“a volta dos que não foram”)

Resta-me saber o que farei com tantos dias de férias em casa. AMO VIAJAR! Espero ainda conseguir planejar algo em tempo, mais perto daqui, talvez…

Fique ligado, pois em breve irei postar TODAS AS COISAS QUE TINHA PLANEJADO PARA DUBAI. E, se você tiver mais sorte do que eu, e for viajar por estes dias para os Emirados Árabes, você pode usufruir por mim de toda esta aventura e depois me contar como foi.

Você precisa ler sobre MINHA AVENTURA EM LAS VEGAS – uma viagem cheia de emoção e boas surpresas!
Planeja visitar Florianópolis? Então conheça este passeio gostoso na ilha

Diz pra mim: Você já viajou para os Emirados Árabes? Como foi?
Você nunca se aventurou por lá, mas planeja ir um dia?
Você já perdeu algum voo de férias? Você é do tipo que se perdesse uma viagem desta ficaria irritado, acabado ou agradeceria por ter recuperado o dinheiro e não deixaria isto lhe abalar?

Lembre-se de deixar seu like. Seu like me motiva a escrever mais.
Participe de nossas enquetes na barra lateral (computador) ou na parte inferior (smartphone) do blogue.
Siga o blogue e compartilhe com os seus amigos ;)

Paula Musique
Viver vai muito além de realizar meus próprios sonhos, pois posso dar as mãos ao próximo e ajudá-lo a realizar seus sonhos também & a vida fica muito melhor com Música.
Buscando total... comentários
Você também pode gostar de ler:
  1. Eliude 05/05/2019

    Acho que enquanto vc não conseguir um outro lugar para usufruir suas férias Paulinha, vc deve se perguntar qual o propósito de Deus para tudo isso. Não vejo essa história como algo natural. Seria se vc não tivesse intimidade com o Pai. Como vc além de ser filha é serva, deve se perguntar a todo o momento o pq de tudo isso, ou quem sabe desfrutando tuas férias aqui no Brasil mesmo, Deus vai te proporcionar alguma experiencia nunca antes vivida. Apenas busque pelo “pq”? Procure enxergar tudo com olhos espirituais. Talvez o que Deus quer te oferecer é algo muito mais intenso, mais lindo, mais glamuroso que a riqueza dos Emirados. Talvez em algum lugar lugar e em algum momento Ele vai te proporcionar expêriencia tal que vai mudar destinos na sua vida e te trazer respostas de muitas perguntas esquecidas no passado. Apenas se permita passar férias com Ele.

    • Paula Musique respondeu Eliude 06/05/2019

      Sábias palavras, Eliúde!
      Na hora fiquei triste, mas confio que Deus sempre sabe o que é melhor. E logo fiquei bem de novo.
      Palavras de conforto assim ajudam MUITO, MUITO!
      Obrigada! :D
      x

  2. Viviane Pereira 05/05/2019

    Uau que matéria…
    De tirar o fôlego né Paulinha
    Parabéns pelo blog

    • Paula Musique respondeu Viviane Pereira 06/05/2019

      Obrigada, Vivi! Volte sempre! ;)

  3. Rê Borges 07/05/2019

    Oi Paula!
    Gente, mas que saga foi essa? Fiquei empolgada enquanto você narrou os preparativos e depois fui ficando angustiada com os desencontros e tudo mais desendando. O jeito que você escreve me prendeu e eu estava torcendo muito que tivesse acertado a questão da passagem, mas, como você disse, como saber se era ou não a hora!?
    Esse post foi a melhor definição da volta dos que não foram que eu já li! ehehe
    Espero que de uma próxima tudo flua melhor e você consiga levantar voo e conhecer novas terras!
    xoxo

    • Paula Musique respondeu Rê Borges 08/05/2019

      Oi, Rê! :D
      Muito bom tê-la você novamente por aqui depois de tanto tempo. Hehe…
      “Esse post foi a melhor definição da volta dos que não foram que eu já li! ehehe” – kkkk “obrigada”!
      Volte sempre!
      x

  4. Rebeca Stiago 08/05/2019

    Adorei o seu relato! Além de ser engraçado (agora que já passou) senti na pele a agonia dessa confusão toda. Que pena que você perdeu a viagem, mas ao menos você conseguiu cancelar tudo e ter o $$ de volta. Acho a hora do embarque super tensa, sempre acho que vai dar problema no sistema. Mas acho que vou levou tudo numa boa e ainda te rendeu um bom conteúdo aqui!! =) Beijos

    • Paula Musique respondeu Rebeca Stiago 08/05/2019

      Oi, Rebeca!
      Que bom tê-la por aqui novamente.
      Haha… Agonia e confusão descrevem bem a situação.
      Quem sabe ainda neste ano eu consiga ir lá para as Arábias…
      x

  5. Ivone Gomes 08/05/2019

    Paulinha querida nao era para voce ir dessa vez, nosso Deus sabe por que, ele cuida de nos todo o tempo, ” sem causar prejuizo”.
    Com certeza você ainda irá em outra oportunidade!

    • Paula Musique respondeu Ivone Gomes 08/05/2019

      Oi, tia amada! Pois é… Nestas horas era para eu estar lá vendo uma cultura bem diferente da nossa. :)
      Mas fica pra próxima. Que MARAVILHA receber um comentário seu aqui no meu cantinho.
      Bjinhos

  6. Aline 09/05/2019

    Que agonia! sério. Não sei o que faria se isso acontecesse comigo, provavelmente ficaria muito frustrada e triste. Mas, sempre há como tirar coisas boas das coisas que nos acontecem né? quem sabe uma próxima vez você consiga visitar esse lugar incrível, com essas imagens que você publicou fiquei com muita vontade de conhecer também, parece ser tudo muito lindo ♥
    Um super abraço, xx

    • Paula Musique respondeu Aline 16/05/2019

      Verdade. Parece ser tudo muito lindo. Eu estava animada pra ver de pertinho, mas terei de esperar mais um pouco. :D
      x

  7. Oi!
    Que aflição ler o passo-a-passo dessa tragédia! Eu fiquei aqui por uns 20 minutos arrancando cabelos com cada revés que você encontrava, e cheguei a gritar de frustração enquanto lia! Nunca viajei pra fora do país e sempre tive vontade. Costumo viajar muito pro interior, e também me planejo sempre de ultima hora, já cheguei a fazer a decisão, comprar a passagem e fazer as malas duas horas antes do embarque! Que você não viva essa experiência estressante de novo!
    Abraços,
    Literalize-se

    • Paula Musique respondeu Luciano Almeida Starling Lopes 16/05/2019

      Oi! Hehe… Acho que várias pessoas teriam gritado de frustração se passassem por isso lá no aeroporto. Só Deus mesmo pra me ajudar a ficar calma…
      O interior de nosso país é lindo demais.
      Comprar passagem e fazer mala 2h antes do embarque: isso que chamo de curtir uma adrenalinazinha. haha!
      Em breve você poderá fazer uma viagem internacional. ;)
      Abraços

  8. Janeise Santos 10/05/2019

    Mulher, fiquei aflita só de ler, imagine você que passou por tudo isso. Espero que tudo dê certo da próxima vez e que bom que você vai ser reembolsada. E não posso deixar de ressaltar, amei teu blog ❤️

    • Paula Musique respondeu Janeise Santos 16/05/2019

      Oi, Janeise! :D
      Obrigada. Que bom que você gostou. Volte sempre.
      Hehe… Da próxima vez TEM que dar certo. Vou sair de casa 6h antes. Haha
      x

  9. Ruan Morais 11/05/2019

    Mari Maria, és tu? Me lembrou muito desta “blogueira” que também perdeu o voo e fez até um vídeo relatando. Imagino a loucura, o desespero que deve ter sido. Eu já fico nervoso quando perco um ônibus, imagina o avião? Ainda bem que você será ressarcida do valor e está mais “tranquila”.

    • Paula Musique respondeu Ruan Morais 16/05/2019

      Haha… Que legal! Valeu a dica. Fazia muito tempo que não checava a Mari Maria. Procurei e achei o vídeo que conta a saga dela perdendo o voo pra Dubai tb. A diferença é que ela conseguiu pegar no dia seguinte…
      Confesso que no meu caso, no dia 3, eu chequei preços e tal e o mesmo voo com a Emirates, saindo no dia 6 de maio estava 20 reais mais barato do que eu havia pago. Mas e o ânimo agora pra comprar tudo de novo (voos, seguro, hotel)? Já estava conformada com o cancelamento das férias em Dubai… Mas irei em outra oportunidade.

Copyright - Paula Musique © Todos os direitos reservados.