fbpx
Menu
da capo
Meu coração, não sei por que, bate feliz quando te vê
Pixinguinha
Playlists com músicas especiais para você
17 de março de 2021
uma leitura de 3 minutos

Srta. Quarentena está de Aniversário Hoje!

… um ano de quarentena. Quem diria!

balões de aniversário

Foto: Adi Golstein

– por Paula Musique – 

Querido Diário,

Hoje, completei UM ANO DE QUARENTENA. Isso mesmo. Fiz de meu lar um “laboratório” e experimentei a quarentena praticamente “at its fullest”. Tenho anotado minhas sensações, percepções de mundo, análises da humanidade e reflexões sobre política e economia.

Faz 365 dias que tenho trabalhado e estudado apenas em casa – dias muito produtivos. Funcionou para mim, consegui adaptar; mas, isto não foi possível para a maioria. Nem todos podem fazer home office; precisam, sim, trabalhar fora, buscar o pão de cada dia, sustentar suas famílias.

Cada um sabe de suas dificuldades e facilidades quanto a sua saúde e situação financeira. Mas há 2 coisas que todos nós precisamos: bom senso e empatia – para olhar para si próprio e para o outro.

Este é o tempo do “sem”

Um ano sem ir à igreja, sem festas de aniversário e casamento, sem dar aulas individuais presenciais, sem dar cursos presenciais em grupo, sem frequentar ensaios, sem ir para a universidade, sem tocar piano em público, sem visitar museus, sem prestigiar concertos, sem curtir uma prainha “à moda antiga”, sem ir à academia. SEM, SEM, SEM. Três vezes CEM e mais um pouco são os dias deste período estranho, onde quase tudo acontece online – principalmente, igreja, trabalho e aulas.

Avião? Só se foi através da EMBR3*

Poderia dizer que faz um ano que não viajo – uma das coisas que mais amo na vida -, mas a verdade é que viajei de carro para a casa de praia de meus avós para o Ano Novo, em outro estado. Não foi uma viagem turística; no entanto, foi muito divertido viver um pouco do que antes era minha vida de aventuras. Foi uma viagem engraçada, cheia de álcool gel, vitamina C, de máscara para todo canto – e muita música, claro.

E falando em carro, estava com saudades de fazer algo que amo – por favor, não pensem que sou maluquinha: dirigir e gritar coisas legais para estranhos que avisto! Desejei muito “feliz ano novo” e outras palavras para desconhecidos que caminhavam ao lado do carro. Claro que estava em baixa velocidade, apenas nas ruas residenciais dos bairros na praia. É tão gostoso ver seus olhares sorridentes e surpresos, receber um aceno das pessoas e suas boas mensagens de volta!
*aliás, obrigada, minha Embraer – entendedores entenderão!

Manobras em um ano de quarentena

Em 2019, havia comprado um voo para férias curtas em Salvador (BA), que seriam em abril de 2020. Uma pena! Tive que cancelar e não sei se algum dia terei aquele dinheiro de volta. Mas não tem problema. Perder uma pequena quantia nem se compara à tristeza de muitos que perderam seus familiares amados.

Este ano de quarentena tem sido tão atípico. E como em tudo na minha vida: busco melhorar, aproveitar, fazer valer o que me é dado. Tive de fazer várias manobras, adaptações, alterações. Meu olhar se abriu para novas “paisagens” e percebi a urgência de acelerar alguns de meus planos.

Você está ligado?

Tudo o que tem acontecido com o mundo não é apenas o que nossos olhos veem. É muito mais. MUITO mais. Só os mais atentos e informados estão ligados.

Quanto à minha decisão de optar pela quarentena: tive meus motivos. Não julgo e compreendo quem fez diferente – desde que com responsabilidade. Baladeiros, aglomeradores, governadores e prefeitos ladrões eu não entendo. E nunca entenderei!

Creio que aqueles que não fizeram o que deveria ser feito, aqueles que intencionalmente prejudicaram o próximo, aqueles que desviaram o $ que salvaria vidas irão pagar pelo que fizeram. A conta sempre vem – e vem do jeito que dói mais.

Este será um texto curto – coisa rara por aqui. Não quero me empolgar e começar a filosofar, apenas queria deixar registrado o ANIVERSÁRIO DA SRTA. QUARENTENA.

… e não é por nada, não: eu espero que ela nunca mais faça aniversário!

menina com bolo de aniversário sozinha

Conte para mim: como tem sido este tempo para você? A vida seguiu normal? Teve de adaptar? Muitas perdas e angústia? Tem sido melhor ou pior do que você imaginava que seria?

Você leu os posts que fizemos por aqui em um ano de quarentena? Confira a série:

Pandemia: As músicas da quarentena
Um mês de quarentena
Tempo único: dois meses de quarentena
Ideias para músicos em tempos de crise

Melhores GIFs da quarentena
Quarentena: o que fazer em casa?
270 dias de quarentena: filmes e séries
Ideias para músicos em tempos de crise
Mais ideias para músicos em tempos de crise
Relógio filosofal

Apóie os corais do Brasil. Lembre-se de deixar seu like. Seu like me motiva a escrever mais.
Participe de nossas enquetes na barra lateral (computador) ou na parte inferior (smartphone) do blogue.
Siga o blogue e compartilhe com os seus amigos ;)

 

 

Paula Musique
Viver vai muito além de realizar meus próprios sonhos, pois posso dar as mãos ao próximo e ajudá-lo a realizar seus sonhos também & a vida fica muito melhor com Música.
Buscando total... comentários
Você também pode gostar de ler:
  1. Thais Gama 26/03/2021

    Quem diria, e aqui em SP, ela fez aniversário com um remember do começo e aperto do lockdown.
    Foi um ano totalmente atípico, mas que tivemos que encontrar meios seguros de manter a sanidade né?!
    Também passei a maior parte do tempo trancada, só quando as contas apertaram que tive que dar aquela saída.
    E também não entendo os baladeiros e políticos que brincam com nossas vidas roubando ou vendo quem pode mais enquanto milhões morrem.
    Enfim, que ela não complete mais uma primavera.

    • Paula Musique respondeu Thais Gama 31/07/2021

      É angustiante ver como as pessoas brincam umas com a vida das outras.
      Toda vida tem muito valor e precisa ser cuidada. Espero que as coisas (e as pessoas) melhorem logo. :)

  2. Vitória Bruscato 29/03/2021

    Olha…eu também espero que ela nunca mais faça aniversário!
    Foi tudo tão difícil…ter que se adaptar a nova realidade, conviver o tempo todo trancado com quem mora comigo, não poder ir em festa, abraçar beijar. E eu fico pensando… SERÁ que algum dia tudo vai voltar a ser como era mesmo? As vezes eu acho que não :(

    Aqui em SP, no final do ano as coisas foram reabrindo. Eu voltei a dar aulas de dança presenciais, mas só saía pra isso (e tomando todos os cuidados, claro). Pois não durou muito tempo e logo tudo fechou novamente…confesso que agora tá bem mais difícil pra mim do que no começo. Eu estava voltando a sentir a sensação de liberdade, e agora estou trancada novamente, com o Brasil numa situação muito pior do que a anterior. E eu nem tenho muita esperança de que tudo vai melhorar…não tem como com o governo atual. Espero que eu esteja enganada.

    • Paula Musique respondeu Vitória Bruscato 31/07/2021

      Às vezes, também tenho a sensação de que não voltará a ser exatamente como antes.
      Muitas pessoas terão mais cautela. E o home office veio para ficar, assim como educação a distância também ficou normalizada.
      Muitas mudanças. Mas a mudança que eu realmente queria ver era no interior das pessoas. Sei lá, parece que realmente o mundo tendo ao caos e as pessoas ficam cada vez mais perdidas…
      Mas faz bem para a saúde termos esperança, então vamos nos agarrar a ela! :D

  3. Luly Lage 31/03/2021

    Um ano cheio de “sem” e sabe-se lá mais quanto tempo sem isso tudo. Acho que eu viveria de boa com essa realidade 9ou tão de boa quanto se pode estar) se lá fora as coisas não estivessem tão difíceis. Difícil ver tanta gente morrendo…

    Assim como você eu fiquei em casa praticamente o tempo todo nesse período. As únicas vezes que saí (além do mercado, né) foi para coisas de trabalho, que envolveu ida ao museu… Nossa, tive medo o tempo todo, mas ao mesmo tempo não consegui não me sentir revigorada, sabe? Quase parecia normal, mas ao mesmo tempo não era nada normal…

    É isso, quarentena, nesse aniversário desejo poucos anos de vida pra você!

  4. Júnior Santos 10/04/2021

    Se não for num futuro breve, será em algum futuro… mas prepare a sua aeronave para decolar, pois as próximas férias, no dia em que ocorrerem, serão um pouco mais longas do você possivelmente havia programado. Pode ser que a viajem seja para o mesmo lugar, mas não será da mesma forma… apesar de tudo, temos em vida a oportunidade de criarmos universos. Continuemos, pois, materializando os nossos sonhos, ainda que de diferentes maneiras. Não percamos o brilho nos olhos, por mais difícil que seja o momento. Existe um jardim muito lindo do outro lado, mas só é capaz de conhecê-lo quem efetivamente consegue atravessar os desafios de uma longa aventura sem se deixar abalar pelos tropeços e pedras do caminho. Que Deus abençoe a todos nós.

    • Paula Musique respondeu Júnior Santos 31/07/2021

      Hehe… Obrigada.
      Espero que sejam boas férias. Adoro viajar de férias.
      Deus abençoe você!

  5. Brenda Reis 11/05/2021

    Suas postagens são ótimas, estou seguindo seu blog e curtindo bastante!! Parabéns!

Copyright - Paula Musique © Todos os direitos reservados.