Menu
da capo
Toda hora é hora de fazer o que é certo
Martin Luther King
Playlists com músicas especiais para você
23 de janeiro de 2021
uma leitura de 4 minutos

The Letter Writer: Uma Carta para Desconhecidos

Como você se sentiria se recebesse uma carta pelo correio, escrita à mão, com palavras inspiradoras que você estivesse precisando ouvir?

uma carta para desconhecidos

– por Paula Musique –

Algo me impulsionou a fazer exatamente isto.

E se eu conseguir encorajar você a fazer o mesmo? Leia até o fim, valerá a pena. ;)

Certamente, seria algo para você escrever em seu diário ou para, no futuro, lembrar com carinho desta sua atitude.
E se você tem filhos, você pode explicar a ideia para eles e fazer desta ação uma atividade com vários ensinamentos – mais do que necessários nesta sociedade turbulenta.

Cartas à moda antiga

Eu tenho uma caixa com muitas cartas. Tenho guardada comigo a primeira carta que enviei pelo correio. Eu tinha 5 aninhos, havíamos mudado para o Rio de Janeiro para meu pai fazer seu mestrado, e eu escrevia cartinhas para meus avós quando estava com saudades. Estudava numa escola com “ensino  forte” e, desde que era um tiquinho de gente, eu amava escrever. Quando mais velha, vi esta carta na casa de minha avozinha materna e pedi de volta, pois queria guardar.  :)

No início da adolescência, voltamos para o Rio e o número de cartas que eu enviava e recebia já era bem maior. Tenho praticamente todas elas guardadas. São tesouros – cartas dos avós, tias, primas e amigas.

Receber uma carta pelo correio tem um charme diferenciado. O remetente teve de escolher um envelope, um papel de carta, uma caneta que não falhe, escrever com cuidado para não borrar (isso quando já não fez um rascunho antes), dobrar o papel, colar o envelope, escrever o endereço, ir ao correio e pagar. Bem diferente de sentar ao computador, logar no e-mail, digitar a mensagem em alta velocidade, deletar quando errar e enviar.

Em meio ao agito de meu cotidiano, procuro estar atenta ao que é realmente importante e não ficar focada apenas no que eu acho que é urgente – que no fim das contas nem tem tanto significado assim para meu futuro.

Aprendiz constante

Quero aprender com as dificuldades, conquistas, sermões, músicas, filmes, livros, conversas… Assim vamos nos APERFEIÇOANDO, entendendo como agir, o que falar, como ajudar mais, COMO INCOMODAR MENOS.

Certa vez, fiz uma lista com os professores que me marcaram positivamente – e foram poucos. Como sou à moda antiga, queria escrever cartas para eles, queria conseguir o endereço residencial, talvez ligando para as escolas onde estudei e para as universidades, e enviar meus agradecimentos como uma demonstração de que valeu a pena se dedicarem a uma profissão tão nobre. Mas fui deixando para depois ao pensar que não me liberariam o endereço deles por questão de privacidade.
.

mailbox - caixa de correio

Uma carta para desconhecidos – Filme The Letter Writer

Alright, mas nesta semana a ideia das cartas voltou à tona quando uma leitora comentou um de meus artigos, dizendo que minhas ideias a lembraram do filme THE LETTER WRITER (Escrevendo uma Nova Vida ou Palavras do Coração) e que eu deveria assistir.

Na mesma noite eu vi o singelo filme. Já aviso que é bem devagar, não é uma grande produção, achei a trilha sonora ruim e as atuações bem mais-ou-menos. No entanto, A MENSAGEM É SIGNIFICATIVA. E vem acompanhada de uma protagonista que ama música,  um menino amável e velhinhos fofíssimos.

Seja útil: como você pode ajudar alguém
Playlist Otimista 2018
Playlist Abençoada 2018

SINOPSE: “A adolescente Maggy decide encontrar o autor de uma carta misteriosa que recebeu. A partir desta busca, a jovem vive experiências que vão mudar a vida de todos ao seu redor”.

A carta é enviada por Sam Worthington, um velhinho que vive em um asilo e todos os dias escreve cartas diferentes para pessoas que ele escolhe na lista telefônica (lembra das listas com páginas amarelas e brancas que continham o nome, endereço e telefone?). Fiquei encantada pela ideia e me lembrei do que queria ter feito por meus ex-professores.

Entendi o porquê de a leitora sugerir o filme. No artigo eu falava sobre ajudarmos as pessoas, sobre sermos o anjo de alguém – e isto poderia ser através de palavras motivadoras ou através de ações.

Na canção que Maggy apresenta, ela diz:

“Anjos estão escondidos nas ações de humanos. Anjos estão por perto para nos ajudar. Somos anjos escondidos em ossos humanos”.

lista telefônica

Campanha de POST-IT nos EUA – Encouraging Sticky Notes

Quando eu morava nos States, minha rádio favorita lançou a Campanha #lovethatsticks. Como eu adoro este tipo de coisa, peguei meus post-its (papel adesivo) e escrevi dezenas de mensagens para grudar em vários lugares pela cidade. Uma delícia distribuir encorajamento! Encontrei apenas uma sticky note, que foi no espelho do banheiro do cinema e fiquei tão feliz! A rádio realiza esta campanha todos os anos há muitos anos.

Quando eu fizer isto novamente, vou contar para vocês como foi. Muito legal grudar palavras de motivação em enlatados no mercado, no aparelho de musculação da academia, na porta da sala de aula, no pára-brisa do carro… ;)

Assim como some simple sticky notes can make a difference, uma carta pode ainda mais.

Playlist Motivacional 2021
Ideias para músicos em tempos de crise
30 questões intrigantes para perguntar a si mesmo
Pirâmide do aprendizado

Deixe seu like para nos motivar a escrever mais :)

SEJA UM ESCRITOR DE CARTAS INSPIRADORAS

Já estou escrevendo minhas cartas e quero convidar você a fazer o mesmo. Mas como funciona?

1) Decida quanto tempo você tem para ser um escritor de cartas

Talvez, você possa fazer 3 cartas ou 10 cartas e enviar uma única vez? Você pode escrever 5 cartas todos os meses neste ano? Melhor ainda! Faça dentro de suas possibilidades. Mesmo que seja apenas 1 carta, já está valendo.

Se você tem filhos, você pode transformar esta ação em um “projeto de amor” para você fazer com eles.

2) Escolha os envelopes e o papel para a carta

Pode ser tudo muito simples: o envelope mais básico e uma folha de caderno tradicional. O valor destas cartas está na sua intenção, o tempo dedicado e a mensagem escrita.

Há envelopes muito baratos por R$ 0,30, por exemplo. Claro que você pode investir mais, tudo dependerá de sua realidade. O envio de carta simples está custando em torno de R$ 2,00.

3) Defina para quem mandar

Eu pretendo mandar para desconhecidos; entretanto, você pode mandar para pessoas que você conhece e que você sabe que precisam de uma palavra de ânimo. Uma carta escrita à à mão tem um toque especial.

Se você quiser mandar para desconhecidos:
– Algumas cidades ainda oferecem lista telefônica impressa e se você tiver uma em casa, você tem muitos opções lá para escolher aleatoriamente, assim como Sam fez (não use listas de anos anteriores, pois a pessoa pode ter mudado de endereço e não receberá a carta)
– Consultar sites na sua cidade e buscar o endereço (pode ser comercial mesmo). Exemplo: escrevi costureira + nome da minha cidade no Google. Resultou numa lista com vários endereços e telefones.

4) Escreva sua carta

– Se você vai escrever para um conhecido, identifique-se normalmente.
– Se vai enviar uma carta para um desconhecido, você pode se apresentar usando seu nome real ou um pseudônimo. Se quiser, pode colocar seu endereço de e-mail ao fim.
– Você não precisa colocar seu endereço completo para mandar uma carta simples.
– Você tem de escrever algo assim: “Não conheço você, mas acredito que há uma razão para você ser escolhido(a). Há tanta maldade no mundo e eu quero espalhar bondade, por isso escrevo esta carta para você”. É importante você dizer isto, se não ficarão achando que é uma carta de amor misteriosa ou que foi enviada por alguém próximo. Para evitar esta curiosidade, inclua esta frase explicativa na carta.
– E depois você segue com as palavras que quiser, dizendo algo que as pessoas gostariam de ouvir para se sentirem encorajadas.
– Você pode incluir poemas seus ou de outros, versos bíblicos, frases famosas, trechos de músicas…
– Tire uma foto das cartas antes de enviar, assim você terá uma recordação deste momento em sua vida.

No filme The Letter Writer, Sam escreveu palavras assim para Maggy:
“Você é bonita e graciosa. Está aqui para um propósito. A vida pode ser difícil e às vezes podemos perder a direção.
Faça ao menos uma coisa todos os dias que dê propósito a sua existência.
Olhe ao redor em busca de mensagens que expressam beleza e verdade. Pode encontrar nas flores, árvores e pessoas.
Todos estamos conectados. Espero que saiba que você é amada.
Às vezes, pode parecer que você está sozinha. Mas você não está. Você está sendo observada e cuidada.
Se você se doar, você receberá as bençãos de uma vida de propósito e alegria”.

5) Envie e peça a Deus que tudo ocorra bem e que a carta seja lida no momento certo

Talvez, você nunca saberá o que aconteceu com a carta e nem ouvirá um “obrigado” vindo dos lábios do destinatário. Mas não importa. Este é o tipo de bem que fazemos sem esperar gratidão ou recompensas. Para mim, pensar que dentre as 10 cartas que pretendo mandar, pelos menos umas 7 cheguem direitinho e sejam lidas, isto já é motivo para uma grande sorriso.

Relógio musical & filosofal: que horas são?
Lápis & Papel: relação desde a infância
Memórias de uma professora de música

uma carta para desconhecidos

Deixe seu like para nos motivar a escrever mais :)

PLANO B – Recadinhos

No filme, todos os dias, além de escrever uma carta, Sam escreve 10 recadinhos. Lembre-se: ele mora em um asilo, então tem bastante tempo para fazer estas boas ações. Ele sai para a sua caminhada diária e entrega os recados para pessoas na rua. Ele sente no coração para quem entregar, crendo que todos os dias são dias para abençoar as pessoas.

Então, se escrever cartas for algo que tome muito do seu tempo, você pode escrever estes recadinhos curtos e entregar durante o dia para o padeiro, o carteiro, a senhorinha que passou por você e deu um sorriso, o adolescente com cara de rabugento, o motorista do ônibus, a criança caminhando de mão com a mãe, o vendedor que atendeu você numa loja – as possibilidades são infinitas.

Hoje, dia 23 de janeiro, é o DIA DA ESCRITA À MÃO. Uma belo dia para um artigo como este, sim?

Sam Worthington diz no filme:

“Em cada ser humano, há um dom dado por Deus que, se encontrá-lo e alimentá-lo, você poderá abençoar a vida de outros. O meu é escrever cartas. Cada um tem que descobrir o seu”.

.

Conte-me se gostou da ideia do ESCRITOR DE CARTAS.

Você já fez alguma tipo de boa ação parecida? Ficou animado para escrever cartas também?
E se você quiser enviar cartas ou entregar recadinhos, avise-me que ficarei muito contente.

Se você gostou, deixe seu like para nos motivar a escrever mais.
Siga o blogue e compartilhe com os seus amigos ;)

Paula Musique
Viver vai muito além de realizar meus próprios sonhos, pois posso dar as mãos ao próximo e ajudá-lo a realizar seus sonhos também & a vida fica muito melhor com Música.
Buscando total... comentários
Você também pode gostar de ler:
  1. Ane Carol 27/01/2021

    Fiquei com o coração aquecido lendo sua postagem! Fico feliz que você tenha seguido minha sugestões e que ainda que o filme seja uma produção singela a mensagem dele tocou você, assim como aconteceu comigo quando eu o assisti. Lendo sua postagem me lembrei da minha própria caixa de cartas e como cada palavra ali escrita foi importante para mim e ainda é. Acredito que é uma experiência única o ato de escrever, enviar e receber uma carta. Amei a iniciativa que você criou e que mais pessoas se inspirem!

    • Paula Musique respondeu Ane Carol 09/03/2021

      Que lindo que você também tem uma caixa de cartas. Serão como tesouros para suas próximas gerações.
      Valeu pela dica do filme e a inspiração do filme para eu escrever as cartas.
      :D

  2. Vitória Bruscato 28/01/2021

    Que amor!

    Eu acho cartas super fofas, mas confesso que morro de perguiça de escrever.

    Adorei saber o lance dos post-its, realmente, uma mensagem boa pode muda o dia de alguém. Lembrei que quando eu estava na oitava série, eu escrevia várias mensagens positivas em papeizinhos, e eu levava para a escola. Colocava tudo dentro de um saquinho e pedia para os meus amigos tirarem as mensagens. Todo mundo adorava, e um dos meus amigos guarda todos os papéis com ele até hoje, legal né?

  3. Maria Rafaela 28/01/2021

    E esse post cheio de empatia hein?! Eu amo essa ideia de mandar correspondência para desconhecidos.. é o ápice da humanidade e da solidariedade. Sempre tive vontade, mas não sabia como começar! Então, obrigado por esse post lindo.

  4. Oi Paula! Ano passado participei de um grupo literário onde trocamos cartas escritas a mão duas vezes por ano, foi emocionante porque não tinhamos um tema definido, sabe? Escreviamos cartas sobre sentimentos, cotidianos, livros que estavamos lendo e coisas pessoais da nossa vida e esperavámos a resposta da outra pessoa, tudo muito bem organizado e secreto..hehe

    O nosso projeto de cartas foi emocionante, mas, lendo a sua postagem eu fiquei realmente arrepiada imaginando as mensagens que podemos receber de pessoas que não conhecemos, ainda mais nesse momento de pandemia, acho que eu choraria o dia inteiro se recebesse uma carta assim! Vou fazer o possível para escrever cartas esse ano, pretendo começar com meus parentes que moram em outros estados.

    Viviane Almeida
    https://resenhasdaviviane.blogspot.com/

    • Paula Musique respondeu Resenhas da Viviane 09/03/2021

      Que belo relato, Viviane!
      Um projeto bem raro na atualidade. Poucos dedicam tempo para escrever uma carta, quando é tão mais rápido mandar um e-mail.
      Bom, hoje, até mesmo e-mails são especiais, pois é ainda mais fácil mandar um áudio pelo WhatsApp. hihi…
      Abraço

  5. Vanessa Vieira 31/01/2021

    Olá! Que ideia incrível esta! Eu também guardo cartas antigas, achava mágico poder escrevê-las! Uma forma de conexão única né! Curti a sinopse do filme e já coloquei aqui na minha listinha para assistir, quero ver esta história de perto! E. sobre o convite para escrever as cartas, acho que vou aceitar hein!! srsr

    Abraço!

  6. Malu Silva 03/02/2021

    Acho muito massa quem tem o hábito de escrever cartas, é uma experiência incrível! Eu fazia isso até pouco tempo com uma tia que mora no RJ, mas faz tempo que não mando (nem recebo) mais… Achei bem legais as experiências que você compartilhou, como a mostrada neste filme que agora já quero assistir! <3

Copyright - Paula Musique © Todos os direitos reservados.