fbpx
Menu
da capo
Insanidade é fazer a mesma coisa várias vezes e esperar resultados diferentes
Einstein
Playlists com músicas especiais para você
12 de junho de 2020
uma leitura de 2 minutos

Ainda há tempo?

Na última publicação, contei-lhe sobre meu carinho pelas palavras. Deste modo, visto que hoje é um dia muito especial para mim, decidi partilhar aqui algo que escrevi faz dois anos.

Achei nestes dias, escrito em um dos meus diários. Copio abaixo (após a fotografia) o que encontrei escrito à mão no caderno especial. Estava participando de uma oficina de palavras e este foi o resultado de uma atividade.

Como músicos, os sons são a parte mais importante da nossa música. Há quem diga que música instrumental é formada por sons e pausas – sem palavras, sem canto; mas há quem diga (eu) que música instrumental tem também palavras. Em cada grupo de sons que executamos há o compartilhamento de palavras que vêm de dentro de cada um de nós.

Quando exercitamos o uso das palavras através da escrita
seja ela em prosa ou poesia
estamos também aprimorando nossa Música

Através do bom uso das palavras
podemos ser melhores intérpretes, compositores e letristas
Ah, que maravilha!

Diferença entre compositor e letrista
Trechos de músicas de sucesso para inspirar você
Lápis & Papel: relação desde a infância
Ideias para músicos em crise

– por Paula Musique –

Ao lado vos escrevo o primeiro poema deste caderno.

Escrevi-lo no dia 5 de junho de 2018, em 10 minutos, na Oficina da Palavra.

Foi-nos pedido para escrever as primeiras seis palavras que nos vinham à mente. Feito isto, foi-nos pedido para criar um texto com aquelas palavras.

As palavras que vieram à minha mente:
MÚSICA – VIAJAR – SOM – ACREDITAR – TEMPO – SONHOS

O resultado:

AINDA HÁ TEMPO?

Ainda há tempo?
Anos se passaram
Acontecimentos registrados
Planos não deram certo
Planos que deram certo

Ainda há sonhos?
Eu sonho dormindo
Sonho acordada, viajando
Sonho acordando
Às vezes, paro de sonhar

Ainda há música?
Dentro, fora, ao redor
Mesmo quando tudo parece silêncio
Acredito que sempre existe um som
Aqui dentro

Ainda há tempo para você?
Ainda há sonhos em você?
Ainda há música em você?
Há, ainda; ainda há
Assim espero
Ah, sim, espero

 

Quais seriam as 6 palavras que vêm a sua mente agora?
Você também escreve textos assim? Você é mais da prosa ou da poesia?

Lembre-se de deixar seu like. Isto nos motiva a escrever mais.
Participe de nossas enquetes na barra lateral (computador) ou na parte inferior (smartphone) do blogue.
Siga o blogue e compartilhe com os seus amigos ;)

Paula Musique
Viver vai muito além de realizar meus próprios sonhos, pois posso dar as mãos ao próximo e ajudá-lo a realizar seus sonhos também & a vida fica muito melhor com Música.
Buscando total... comentários
Você também pode gostar de ler:
  1. Laura Nolasco 20/06/2020

    Nossa, adorei o poema!
    E esse exercício é bem legal, né? Adoro esses “desafios” de escrita. Fiz uma disciplina na faculdade uma vez que era cheia de coisas assim e tenho um carinho muito grande por tudo que produzi com os exercícios também. Acho que meu favorito foi um que se chamava escrever a escrita – um exercício de metalinguistica muito louco e divertido.
    Amei o texto, e que letra linda!
    Beijos

  2. Vitória Bruscato 21/06/2020

    Adorei seu textinho e achei um exercício super legal!
    Vou pensar em 6 palavras (as 6 primeiras que vierem na minha cabeça): poesia, silêncio, sol, tarefas, cinco, palavras

    Vou tentar escrever um textinho aqui, bem rapidinho:

    Cinco da tarde. Tento me concentrar, me conectar com meu interior e ficar alguns minutos na paz do silêncio. Com o sol batendo em meu rosto, olhos fechados, mente vazia, sem preocupações, sem tarefas. Depois de uns dez minutos, as palavras vem em minha mente. Abro os olhos e começo a escrever minha poesia.

  3. Rebeca 21/06/2020

    Oie!! Eu sou muito da poesia e da vibe dos diários!! 6 palavras que vem na minha mente: adolescência, ingenuidade, esperança, recomeço, motivação, sonhos. Adorei a atividade de escrita. Beijos

    • Paula Musique respondeu Rebeca 21/06/2020

      Que bom, Rebeca!
      Diários fazem parte de minha vida.
      Tem muita coisa que se eu não tivesse escrito, não me lembraria mais.

      “Adolescência” é um período onde ainda passo uns tempos uma vez ou outra. hehe.

      x

  4. Malu Silva 21/06/2020

    Eu amo revisitar os meus cadernos antigos e encontrar palavras que escrevi em outras fases da vida. As palavras que vieram na minha mente agora foram: aconchego, instância, luz, café, poesia e domingo, hehe Acredito que dá pra escrever algo legal usando elas!

Copyright - Paula Musique © Todos os direitos reservados.