Menu
da capo
Terra adorada, entre outras mil és tu, Brasil, Ó Pátria amada!
Joaquim Estrada
Playlists com músicas especiais para você
09 de fevereiro de 2020
uma leitura de 3 minutos

O Comportamento do Consumidor de Música no Brasil

Penso que precisamos de mais pesquisas e trabalhos científicos voltados para a compreensão da indústria e da cultura da música no Brasil. Afinal, qual é o gênero mais ouvido pelo consumidor de música brasileiro?

– por Paula Musique –

(Se você é professor de Educação Artística ou de Música na escola, sugiro que leve este debate para a sala de aula.
Você pode pedir que os alunos leiam este texto para conversar na semana seguinte)

PESQUISAS SOBRE O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR DE MÚSICA NO BRASIL


Há pouco material para ser utilizado como referência estatística. E dentre o que temos, até que ponto os dados são confiáveis? A amostra utilizada na pesquisa é relevante para o tema trabalhado?

Tanto em palestras da universidade e festivais de música & empreendedorismo, como em artigos de revistas ou listas de músicas mais ouvidas nas rádios ou serviços de streaming, há uma diferença considerável quanto aos gêneros musicais mais tocados. Há quem diga que funk e sertanejo estão no topo da lista, porém outras pesquisas dizem que pop, MPB e sertanejo são os que lideram. Ao menos um gênero se destaca em todas as pesquisas: o SERTANEJO. E isto me faz concluir que realmente este é um dos dois gêneros mais consumidos no Brasil (e não é apenas uma impressão que eu e outras pessoas têm). Mas qual seria o outro? Funk, pop ou MPB? Parece-me que ninguém sabe responder esta dúvida. E não julgo. Não é fácil obter esta resposta.

Entretanto, por exemplo, é mais simples conseguir dados referentes a:
– quais os gêneros mais ouvidos pela classe E na rádio?
– quais os gêneros mais ouvidos pela classe A na internet?
– quais os gêneros mais ouvidos na rádio e na internet pelos moradores de Florianópolis?

Conduzir uma pesquisa para responder “qual o gênero mais ouvido no Brasil” é um desafio, por isso, fragmentar a pergunta facilita a coleta e análise de dados.

Se gostar, deixe aquela curtida amiga e compartilhe. ;)

Leia: A importância da leitura de partitura
O mercado e a cultura da música no Brasil
Divirta-se com as pérolas dos vestibulares de Música
Aprenda a ler partituras com exercícios automatizados
A valorização da música coral
Performances favoritas de música coral
Música coral no cinema

COMO É O CONSUMIDOR DE MÚSICA NO BRASIL


Imagino que você também tenha muitos questionamentos quanto ao comportamento do consumidor de música no Brasil. Para apresentar aos poucos o Movimento Música Nobre, temos que compreender mais sobre a realidade de mercado e da cultura da música em nosso país, como escrevi no meu último artigo.

Por isso, vou compartilhar algumas pesquisas por aqui de vez em quando. Vamos começar com esta da Opinion Box e, em breve, irei divulgar uma do SEBRAE.

Esta pesquisa se chama “Pesquisa Comportamento do Consumidor: MÚSICA” e foi realizada em março de 2019, com 2.040 respondentes, de todas as regiões do Brasil, online, com o painel de consumidores cadastrados na plataforma da Opinion Box – fato este que interfere diretamente nos resultados da pesquisa, pois não sei de que forma eles conseguiram registrar pessoas da Classe Social E e não fica claro qual a porcentagem de participantes desta Classe, visto que eles colocam as Classes C, D e E juntas no mesmo “bolo”.

A pirâmide do aprendizado
Como fazer um plano de ensino impecável
Teste seus conhecimentos em História da Música

 

pesquisa consumidor música option box

Fonte: opinionbox.com

Entretanto, é importante conhecermos os dados, mesmo que esta pesquisa não represente coerentemente o perfil do consumidor de música no Brasil.

Vale mencionar que a Opinion Box tem centenas de clientes, vários de muito peso, que já encomendaram pesquisas diversas e foi eleita pelas grandes empresas a startup mais atraente de Marketing de 2018.

Você poderá conferir a pesquisa na íntegra ao fim do texto.

ALGUNS DESTAQUES DA PESQUISA


Esta pesquisa avaliou o comportamento do consumidor brasileiro, abordando o mercado da música. Alguns destaques da pesquisa:

  • Quase 80% das pessoas ouvem música todos os dias, ou seja, nosso povo brasileiro gosta mesmo de música – uma boa notícia para nós que trabalhamos com isto.

 

  • Os estilos musicais preferidos são o pop, o sertanejo e a MPB.
    (E esta questão me deixou com a “pulga atrás da orelha”, pois, pelo menos pelo senso comum, sabemos que a música clássica está longe de ser um dos estilos favoritos no Brasil e mais ouvida que o funk. Quando vi este infográfico pensei: “uau, este é o Brasil que eu quero! Mas isto está longe de ser uma realidade.)

    pesquisa consumidor música option box

    Fonte: opinionbox.com

     

  • O meio mais utilizado para se ouvir música são os aparelhos celulares. O rádio já não está no topo da lista, mas ainda é usado por boa parte do público.

 

  • Interessante observar que 2% dos respondentes usam vinil, ou seja, isto corresponde a 40 pessoas que investem neste tipo de mídia – parece uma porcentagem baixa, mas é uma oportunidade de mercado, pois o público que adquire vinil investe alto em cada exemplar, por isso muitos artistas estão produzindo vinis novamente.

 

  • A maioria das pessoas escuta música arrumando a casa (71%).

 

  • Mais de 60% dos respondentes afirmam não viver sem música e mais de 70% são como eu (e talvez como você?): ouvem repetidamente aquela música nova que gostam até cansar.

 

pesquisa consumidor música option box

Fonte: opinionbox.com

 

  • Entretanto, apenas 40% das pessoas apoiam diretamente os artistas comprando músicas ou frequentando shows – isto é algo que o Movimento Música Nobre tem como objetivo: conscientizar o público sobre o apoio financeiro necessário aos artistas que não recebem investimentos da indústria.

 

  • 71% das pessoas fazem download de música, porém apenas 14% pagam por isto.

Outros aspectos foram considerados na pesquisa, então recomendo que você confira a pesquisa na íntegra aqui.

Questões curiosas que me surgiram ao analisar os infográficos:

– dentre as pessoas que escutam música o dia inteiro, onde escutam e quais gêneros?
– dentre as pessoas de classe E, quais os gêneros musicais mais ouvidos? Estas pessoas sabem identificar gêneros como jazz, blues e chorinho, por exemplo?
– a classe A utiliza serviços pagos para escutar música?

Nesta pesquisa da Opinion Box, se eles cruzassem dados das diversas perguntas feitas, seria possível resolver estas questões acima.

Se você é pesquisador, professor ou universitário, sugiro que pense na possibilidade de realizar estudos e pesquisas mais detalhadas sobre os temas abordados neste trabalho apresentado. Precisamos.

Confira a pesquisa na íntegra aqui.

Se gostou, deixe aquela curtida amiga e compartilhe. ;)
Se você é professor de Educação Artística ou de Música na escola, sugiro que leve este debate para a sala de aula.
Você pode pedir que os alunos leiam este texto para conversar na semana seguinte.

.

QUAL É A SUA OPINIÃO?


Fique à vontade para comentar os resultados da pesquisa.

+ Leia: A importância da leitura de partitura
Divirta-se com as pérolas dos vestibulares de Música
Aprenda a ler partituras com exercícios automatizados
A valorização da música coral
Performances favoritas de música coral
Música coral no cinema

Lembre-se de deixar seu like. Seu like me motiva a escrever mais.
Participe de nossas enquetes na barra lateral (computador) ou na parte inferior (smartphone) do blogue.
Siga o blogue e compartilhe com os seus amigos ;)

 

Paula Musique
Viver vai muito além de realizar meus próprios sonhos, pois posso dar as mãos ao próximo e ajudá-lo a realizar seus sonhos também & a vida fica muito melhor com Música.
Você também pode gostar de ler:
  1. Junia 17/02/2020

    Oii, nossa eu não imaginava que tinha uma pesquisa sobre música e gosto musical. Achei super interessante e pra mim a maior limitação foi o fato do questionário ter sido pela internet, as vezes as informações não são tão fidedignas.

    Ah, eu me encaixo no grupo de pessoas que escutam música enquanto arruma casa, me identifiquei super!

    http://meuladojujuba.blogspot.com/?m=1

  2. Luana Souza 19/02/2020

    Que artigo perfeito e completo. Acho muito interessante a gente ver esse tipo de pesquisas, pois, por mais que música seja algo presente em nossas vidas, quase não temos noção do quanto afeta outras pessoas também! Acho que seria muito legal fazer mais pesquisas assim na rua também, pessoalmente :)

  3. Erica Oliveira 19/02/2020

    Eu lembro que na época em que eu estudava música (1990 e alguma coisa rsrs) um dos trabalhos era fazer esse tipo de avaliação e na época tivemos muita dificuldade em achar estudos e foi tudo meio que na “dedução”. Eu acho que o mercado brasileiro é muito sazonal e a grande maioria das pessoas não sabe dizer nem o que é pop e mpb. Por outro lado existem aqueles estilos que tem publico cativo, como jazz, blues e até mesmo o rock.
    Acho um assunto fascinante então pode compartilhar conosco outras pesquisas que amarei :)

  4. Gislaine Motti 19/02/2020

    Também me causou estranhamento o funk constar tão baixo como gênero mais ouvido. Com certeza deve estar relacionado com o perfil dos respondentes e muito pouco com a realidade brasileira. De qualquer forma, achei as questões que você levantou realmente muito pertinentes! Espero que mais pesquisas sobre a temática sejam realizadas.
    Literalize-se

  5. Luly Lage 19/02/2020

    Oi, Paula!
    Caramba, deve ser muito difícil ter um dado genérico de uma país tão grande e variado como o nosso, realmente, mas fazendo outros recortes aqui e ali os resultados são bem interessantes! Fiquei feliz em saber que tanta gente escuta música clássica, apesar de não achar superior ao funk ou a nenhum estilo. Acho que pra mim todos seriam ouvidos e valorizados, sabe? Queria viver num mundo utópico onde existe lugar pra todos os artistas, ainda mais se tratando de uma arte (felizmente) tão consumida quanto a música!

    Eu adoro vinis! Queria ter mais, tem cada edição linda saindo agora, né? Mesmo tendo se tornado uma coisa tão elitista (como muitas das coisas que vão ficando obsoletas) é bom saber que ainda são produzidos!

  6. Malu Silva 19/02/2020

    Pesquisas assim dizem muito sobre o público e nos ajudam a entender os hábitos dos ouvintes! Achei os dados bem interessantes, mas não fiquei surpresa ao ver a música pop ali em destaque. O nome do gênero já diz tudo, é o mais popular entre o público!

  7. Erika Monteiro 19/02/2020

    Oie, tudo bem? Que pesquisa mais completa. Nunca parei para pensar que existisse esse tipo de pesquisa, ainda mais para saber o gosto musical das pessoas. Fiquei surpresa com o resultado. Pela mídia que o funk recebe pensei que estaria em primeiro lugar. Quando era adolescente ouvia música direto, mas agora só quando estou na academia ou quando viajo de carro. Quando estou fazendo outras coisas gosto de me concentrar e silêncio. Um abraço, Érika =^.^=

    • Paula Musique respondeu Erika Monteiro 06/03/2020

      Sim, acredito que a maioria das pessoas imagina que o funk estaria no topo.
      Já vi pesquisas com resultados diferentes: outras colocavam a MPB ou o sertanejo no topo. Tudo depende da amostra analisada.
      Abraço

  8. Denise Amaro 20/02/2020

    Amei essa pesquisa, só fiquei tbm com a pulga atrás da orelha por questões de a maioria ouvir música pop. O mundo está sendo inudado pelo sertanejo e pelo funk e não que eu ache isso ruim, até pq eu amo escutar esse tipo de gênero, na verdade eu sou bem ecletica hahahah
    Amei seu artigo e poder trazer esse tipo de pesquisa ao público nos faz pensar um pouco mais em que tipo de música estamos ouvindo.
    https://entrenospicio.blogspot.com

  9. Amanda Moresco 21/02/2020

    Fiquei impressionada com alguns dados, pois eu poderia JURAR que funk fosse constar no top 5 dos 10 estilos musicais preferidos – ainda bem que não! haha eu preciso demais de música, não apenas por lazer, mas por sobrevivência mesmo, pois sou diagnosticada como misofônica (um quadro de aversão a sons como mastigação, repetições e uma infinidade de outros sons), ou seja, preciso de música e fones de ouvidos para pegar o metrô pro trabalho, senão eu passo mal, tenho ansiedade, irritação, batimento acelerado. Então… música + fones de ouvido têm me salvado desde minha adolescência :)

    • Paula Musique respondeu Amanda Moresco 06/03/2020

      Nunca tinha lido sobre misofonia. Pesquisei agora.
      Interessante você mencionar que a música faz parte do seu cotidiano desta forma e que auxilia você em sua “sobrevivência”.
      ;)

Copyright - Paula Musique © Todos os direitos reservados.